Jeff Wendell Jeff Wendell
Navegar Por Categoria

HOJE

"Siga-me"

Um mergulho

Que seja profundo,

Que seja intenso,

Que seja consciente.

Um mergulho de olhos abertos

Transparente,

E autentico.

Esse mergulho requer paz,

Esses instantes requerem concentração,

Pois é tempo de se conhecer.

Reconheça sua força num mergulho produndo

Reconheça sua força num mergulho profundo

Momento de conhecer seus limites,

Conhecer sua força,

De se reconectar.

Em uma respiração profunda,

Se permita a todas as sensações,

Se reconheça nos reflexos,

Se proteja na escuridão.

Mas não perca a oportunidade

De viver a densidade do seu mergulho.

Continue Lendo

É tempo

É tempo de gritar,

De correr na frente,

De riscar e rabiscar,

É tempo de ficar gritando,

De pensar em quem somos,

De lutar pelo que queremos.

Não deixe seu tempo se perder

Não deixe seu tempo se perder

Já foi o tempo

De perder tempo,

De desperdiçar seu próprio tempo,

E acreditar que se pode recuperar,

Recompensar

Ou trocar por outro tempo.

Já foi o tempo de acreditar,

Nas desculpas que o tempo que se passou não foi tempo perdido,

Porque já foi o tempo,

De deixar o tempo escorrer pela mãos.

Continue Lendo

Entre linhas

Linhas são caminhos da consciência,

São caminhos de nossa existência,

Traços e regaços de mangas e lutas

Linhas desalinhadas de rastros e traços criados por cada passo dado

São como representações claras de cada ação

São como a descrição fiel da sua própria realização.

Deixando os rastros das nossas escolhas

Deixando os rastros das nossas escolhas

Do acaso ou por acaso,

As linhas ganham formas

Se formam dia após dia

Alimentam quem somos

E potencializam nossas decisões

Ganham os espaços vazios

Colorindo o papel em branco

Criando nossas próprias histórias,

Continue Lendo

O QUE NOS FAZ FELIZES?

A eterna pergunta

Ou a eterna busca do ser humano?

Que se desafiam, sem medidas

Que se enfrentam sem escrúpulos,

e se maltratam, sem ressentimento ,

Ainda erguem a cabeça,

aos gritos evocam a tal felicidade,

E acreditam serem os certos.

Mas, a pergunta continua,

E a felicidade?

Essa ficou ainda mais distante,

Indo em outra direção.

A névoa que esconde a máscara de falsa felicidade

A névoa que esconde a máscara de falsa felicidade

Continue Lendo

O MUNDO ESTÁ PELO AVESSO

Tudo está perdendo o sentido,

Ou não encontrando sentido algum.

Os amigos, estão se machucando

As famílias se desfazendo

Os amores sendo questionados,

A emoções trocadas por futilidades,

As crianças sem inocência,

Os jovens sem destino,

O amanhã sem uma luz.

As cores estão perdendo a vida

As cores estão perdendo a vida

Tudo está murchando,

Quando o aço de instalações ganham mais vida

Da natureza já edificada

O ar, cada vez mais artificial

Contaminado pelos erros dos homens,

A água, a ponto de virar moeda de troca

O fogo, queimando esperanças e sonhos

A terra, sendo devastada.

Continue Lendo

EU SOU MESMO ASSIM

Um compasso diferente,
Uma folha rasgada ao vento,
Sou uma propriedade do tempo,
Que passa pelas brisas,
Enfrenta a ventania,
E se agarra a sua própria força,
Para suportar o furacão.

Posso ser assim, as cores que faltam em sua vida

Posso ser assim, as cores que faltam em sua vida

Mas não importa para onde eu vá,
Sou mesmo um erro,
Quando as lágrimas me derrotam,
Me entregando a um colapso inevitável.
Sou mesmo uma magia,
Assim que em todos os momentos
Luto pelo sorriso alheio,
Seja daqueles que me odeiam,
Seja daqueles que me amam.
Sou um vasto rastro de imagens,
E todas repletas de sensações e desejos.

Sou mesmo alguém assim,
Disperso ao avesso,
E redescoberto pelo excesso,
Aquele que te leva a não mais esquecer.
Assumi mesmo uma identidade diferente,
Aquele que passa noites em claro,
Atrelado a sonhos de dias melhores,
Invade a constelação trazendo seu brilho próprio.

Continue Lendo

SEGUIR EM FRENTE

No caminho
Passamos por rosas e espinhos,
Passamos frio e me escondi,
Passamos por dores e rancores.
Nesse mesmo caminho,
Ficamos de mãos trêmulas,
Pedras rolaram
E tentaram passar por nós,
Nos ferindo,
E impedindo de nos levantar.

Caminho_seguir em frente?

Caminho_seguir em frente?

Quando alguns passos conseguimos dar,
Nossos olhos brilharam
Como belos cristais lapidados,
Num lindo formato de gotas lacrimais.
Brilhou o pulsar
Dentro do peito,
Expandimos todo o sorriso,
Braços,
Ações e reações.
Vimos um mundo para conquistar,
E foram com estes pequenos passos,
Que nos mostraram o tamanho de espaço
Que nos cerca e nos faz vibrar.

Continue Lendo

RECOLHENDO O CANSAÇO

Bloqueia nossos passos

Bloqueia nossos passos

Sem percebermos o tempo vai passando,
Na correria de um cotidiano turbulento,
Na euforia eterna de uma busca,
No ritmo acelerado das ações e reações,
Vamos deixando para trás,
Mais do que horas,
Vamos deixando algumas escolhas,
Para trás vão ficando os sonhos,
Verdades interiores,
Sorriso e sentidos,
Sentidos de uma estrada que não foi vista,
Sentidos para inúmeros sentimentos,
Sentidos reais da vida,
Entregando a infância aos poucos,
Rasgando a juventude ao meio,
Passando pela maturidade numa luta ainda maior,
E deixando para a velhice, o cansaço.

Continue Lendo

SOMOS O NOSSO PRÓPRIO TEMPO

O tempo de escolhas,
A passagem dos dias e das noites
As perguntas e respostas
Somos o vento e seus caminhos,
Os cânticos e seus acordes,
Somos a pausa necessária,
Ou a parábola mais desejada,
Entre o sim e o não,
Somos todos os pensamentos.

Somos os passos do começo ou do fim

Somos os passos do começo ou do fim

O sorriso de segundos,
E as lágrimas de horas,
Somos consequências
De um estado de presença.
Somos a câmera lenta
Da queda da folha seca no outono,
Ou da bela flor desabrochando em plena primavera.
Somos a frieza das palavras no inverno,
Quando o mundo nos transforma em seres diferentes.
Somos o algo mais excessivo do verão,
Entre a expansão de toda nossa energia
E a transparência de um brilho próprio.
Tudo em um tempo próprio,
De descobertas e conquistas.

Continue Lendo

HOJE EU ACORDEI MAIS CEDO

Tudo ainda está tão escuro,
Hoje acordei mais cedo,
Hoje não vejo aquele feixe de luz,
Não sinto as cores do outro lado.
Estranho,
Acordei mais cedo,
Mas o mundo não acordou para os meus olhos,
As formas não aconteceram diante dos meus olhos,
Acreditei que veria o mundo com muito mais cores,
Mas vejo neste momento apenas a escuridão.

Acordei mais cedo

Acordei mais cedo

Hoje quando acordei,
Queria tocar meus olhos,
Com um sentimento diferente,
Mas tive medo,
Por meu sentimento ser diferente demais,
Ou as pessoas me fazem acreditar que ele é diferente demais?

Apesar de ser tão cedo,
E o claro não é tão claro,
E a sensibilidade é um pouco dura,
E distante,
Acreditei que abrir os olhos mais cedo
Me traria a chance de compartilhar,
E a sensação de não estar só.

Continue Lendo

Jeff Wendell 2015 . Todos os direitos reservados.

Voltar ao topo